Conflitos são uma oportunidade de reaproximação

Conflitos são uma oportunidade de reaproximação

Vídeo mostra como resolver os conflitos a partir da comunicação não-violenta

Aprendemos em nossa cultura a encarar os conflitos como ruins e a classificar as boas relações como aquelas nas quais não há espaço para eles.

Aprendemos que errar é algo ruim, sinal de fracasso, de incapacidade, algo digno de punição ou vergonha.

Mas será que essa visão cabe nos dias de hoje?

Ou será que existem novas formas de pensarmos as relações que estabelecemos, os erros e os conflitos que envolvem nossos filhos?

Ampliar nossas perspectivas nos ajuda a encontrar novas possibilidades para lidar com essas gerações que chegam até nós já tão repletas de informações e questionamentos.

No vídeo, a psicóloga, fundadora e diretora do Instituto de Comunicação Não-Violenta, Pilar de la Torre, conversa com um pai sobre como incorporar a comunicação não-violenta à educação das filhas.

Ela explica que cada indivíduo tem suas necessidades e que o princípio da Comunicação Não-Violenta é que cada um possa exprimir a sua e conciliá-la com a da outra pessoa para construir relações saudáveis.

Ela exemplifica com o caso de uma pessoa que está recebendo visitas e, por isso, quer que o filho arrume o quarto.

A necessidade dela é que a casa esteja arrumada para ficar mais aconchegante e, para convencer o filho a colaborar, um caminho é recorrer à acusação, reprovação, chantagem, punição ou recompensa.

Outro caminho, porém, é usar a comunicação não-violenta para colocar sua necessidade e conciliar com a necessidade do filho, chegando a um acordo.

No dia a dia, isso não é fácil, mas é um processo conjunto que, além de solucionar conflitos, pode enriquecer a relação com os filhos.

Com base nessa abordagem, os conflitos são oportunidades de reaproximação, de crescimento e de desenvolvimento, resultando em relações mais saudáveis.

Assista o vídeo completo abaixo. Para ativar a legenda em português, clique no link da engrenagem (Detalhes), depois em Legendas/CC, traduzir automaticamente e escolha o idioma Português.