BLOG

Quando a criança não quer obedecer ao NÃO!

Quando a criança não quer obedecer ao NÃO!

Por que as crianças não obedecem ao NÃO?

Porque, por vezes, parece que as crianças não nos escutam? Dizemos para NÃO fazerem determinada ação e a criança insiste em fazê-la assim mesmo? A criança realmente não quer obedecer, já que não faz o que pedimos?

Quando você diz não grite, imediatamente o cérebro humano processa a imagem gritar. A neurociência explica que nosso cérebro possui mecanismos neurais que representam as ideias que possuímos, e associamos a cada palavra que ouvimos. Então, para a mente não interessa a sua intenção ao dizer, e sim o que você diz.

Entenda como acontece: o cérebro reconhece, relaciona e elabora um programa motor que fica pronto para entrar em ação e gritar. Enquanto isso, o córtex pré frontal entende que é preciso controlar esse impulso cerebral e impedir de gritar.

Agora faça o seguinte exercício. NÃO pense numa pizza quentinha e suculenta. Você conseguiu? Ou imaginou sua pizza preferida?

Se já foi difícil para você, com um córtex pré-frontal adulto, controlar esse impulso, imagine para uma criança, que está em desenvolvimento. Desta forma, podemos entender melhor o motivo de algumas crianças fazerem exatamente o que lhes pedimos para não fazerem.

A dica, portanto, é procurar transformar as frases para uma ação positiva. Tente, por exemplo, substituir “NÃO grite” por “fale baixinho”, ou “NÃO fique em pé” por “vamos ficar sentados”.

Sabemos que é uma tarefa que requer treino, e, muito provavelmente, com crianças menores, será sim necessário repetir a orientação por diversas vezes até que a criança internalize o comportamento. Mas com amor, respeito e paciência, é possível utilizar dessa ativação automática de ideias ao seu favor.

Veja mais sobre o assunto no vídeo abaixo divulgado pelo Programa Fantástico.

Um forte abraço,

Equipe LUDIE